Arquivo

Posts Tagged ‘vegano’

Operação Carne Fraca, o outro lado da questão

19 de março de 2017 2 comentários

Existe uma tendência natural (ou proposital?) de se perceber sempre e apenas o lado ruim das situações. Esta forma distorcida da realidade tem sido plantada pela mídia há muitos anos. E conduz o público leigo a pensar sempre como se tudo fosse uma grande tragédia e não houvesse nenhum bem nos acontecimentos. Especialmente aqui no Brasil.


 A bola da vez é a “Operação Carne fraca”. Segundo a Revista Época (REDAÇÃO ÉPOCA

18/03/2017 – 14h59),De acordo com a Polícia Federal, ao menos 30 empresas produtoras de carne no Brasil adulteravam a data de validade dos produtos comercializados. Para mascarar a aparência e o cheiro ruim da carne vencida, eram usados produtos químicos – o ácido ascórbico, substância potencialmente cancerígena. As empresas também injetavam água nas peças, para aumentar o peso dos produtos, e acrescentavam papelão no preparo de embutidos. As carnes chegavam aos supermercados graças ao pagamento de propina a fiscais do Ministério da Agricultura, que afrouxavam a vigilância. Nem sempre a propina envolvia dinheiro – até mesmo caixas de carnes, frango e botas foram dadas como forma de pagamento pela vista grossa das autoridades”.

 A matéria segue com diversas informações, no mínimo, dúbias mas vamos analisar esta primeira sequência: Sobre a questão da carne vencida, mascarada e o papelão nos embutidos (que por sinal, não é só papelão, há muitas outras substâncias nos embutidos que fazem o papelão ser apenas um detalhe)… Esta não é uma nova informação. Eu soube disso há uns quinze anos, quando tornei-me ovo-lacto-vegetariana (sujeita a recaídas) e desde então passei a divulgar informações. Ao me tornar vegana em definitivo, em 2010, criei o site Ana Vegana, o Projeto Solua Vampirinho Vegano e intensifiquei as publicações e divulgações de forma multimídia. Assim como eu, inúmeras pessoas conscienciosas escrevem artigos, falam em entrevistas e o que espanta não é a recente “descoberta” amplamente divulgada pela mídia e sim o fato do público só agora tomar conhecimento disso.

O que faltou para este mesmo público saber disso muitos anos antes? Faltou o público ler mais, se informar mais e, acima de tudo, parar de esperar a “grande mídia” noticiar. Infelizmente, a maioria só acredita no que a “grande mídia” divulga. O que os leigos não sabem é que a “grande mídia” só divulga o que é pago ou tem interesse direto ou até mesmo o que não bate de frente com os patrocinadores ou dirigentes. Por isso, dificilmente, se encontra uma informação dessas de imediato. Quando é divulgada já se passaram muitos anos e a divulgação ocorre quando já não se tem mais como consertar a situação ou não dá mais para esconder.

Outra análise que se faz necessária: Este fator de adulteração de datas é uma prática comum a inúmeros estabelecimentos, isso inclui supermercados, hipermercados e praticamente todos os grandes estabelecimentos que lidam com perecíveis. Cabe ao comprador estar atento e observar o que está comprando quanto ao aspecto, cheiro e outros detalhes e não se informar apenas pela data de validade.

Concordo que esta adulteração de datas é uma ação ruim dos estabelecimentos. Porém os veículos midiáticos esquecem (ou não tem interesse) em divulgar que diversas redes de supermercados tem duas ações que considero muito boas.

A primeira é oferecer alimentos fracionados, frutas, legumes e até verduras são escolhidos, retiradas suas partes estragadas e vendidas cortadas, ou seja, aproveita-se a parte boa do alimento e vende-se de forma mais barata em partes menores. Outra ação é que se pode encontrar em todas as seções, (alguns supermercados tem uma seção específica) produtos com data próxima do vencimento com descontos de até 50%. Isso deveria ser amplamente divulgado, mas não é porque o interesse é sempre mostrar o lado ruim de tudo. O que é bom só acontece no exterior, segundo a mídia, o que é um equívoco. Quem conhece e/ou tem contato com o exterior, sabe que por lá as coisas também não são tão maravilhosas. A diferença está na “venda da ideia” de que o exterior é um paraíso e o Brasil é um inferno quando, quem tem mais percepção sabe que o mundo está em crise, o planeta agoniza em todos os sentidos. E a questão está fora de controle para todos, não só para os brasileiros.

Finalizando este artigo que já está meio longo, tão logo se noticiou esta Operação Carne Fraca, surgiram inúmeras manifestações de veganos e vegetarianos satirizando os carnistas, rindo muito da situação de quem ingere carne. A única observação que faço é verifiquem o que vocês veganos e vegetarianos ingerem, invés de rir dos carnistas. Se um vegano ingere alimentos com agrotóxicos ou embutidos, congelados e outros alimentos industrializados e questionáveis, não está longe do que os carnistas ingerem. Além disso há questões que envolvem o clima, a escassez de água e de alimentos que está crescendo de forma assustadora, novas “doenças” que surgem justo por meios que deveriam curá-las… interesses manipulados por uma cúpula que busca poder e domínio do planeta a qualquer preço. E, já que não se pode alterar isso, porque foge ao nosso poder de decisão, a melhor atitude é entender tudo como bom e produtivo. No caso desta operação carne fraca, inúmeras pessoas se tornarão vegetarianas ou até veganas, ainda que pelo medo e asco. E isso será bom para elas, para o planeta e para os animais. Além disso, muitas outras “descobertas” serão divulgadas e isso também será bom para todos.

Vamos refletir sobre isso?

Saiba mais sobre veganismo consciente, acesse o site Ana Vegana, clique aqui

Conheça o Projeto Mutimídia Solua, vampirinho vegano, clique aqui

Anúncios

Vem ai a Mega-apresentação Teatral Vegana

31 de janeiro de 2017 Deixe um comentário

solua-plantandoVem ai a Mega-apresentação Teatral Vegana!

Solua, o vampirinho vegano
(esquetes ensinando o veganismo em linguagem simples, apresentadas simultaneamente em diversas cidades brasileiras, com gincanas e sorteio de brindes para as crianças)

EVENTO GRATUITO

No início de fevereiro (3/2 a 10/2) acontecerá a mega-apresentação teatral vegana, batizada de TV Teatral porque, semelhante aos programas televisivos, estará disponível ao público em diversas cidades brasileiras. De forma simultânea, diversos grupos e companhias teatrais apresentarão esquetes do Vampirinho Vegano, de autoria da vegana Lou de Olivier, com gincanas e sorteio de brindes para as crianças. Esta mega-apresentação acontecerá do dia 03 ao dia 10/02/2017 em diversos horários e pode ser vista de forma presencial nas cidades participantes ou pela Internet acompanhando pelo site oficial que é: http://soluavampirinhovegano.com.br

O projeto de Lou de Olivier existe desde 2010 e já passou por diversas produções desde contação de história até desenhos em animação 3D. Vale lembrar que todas estas produções foram feitas por Lou de Olivier sozinha sem nenhum patrocínio nem vínculo político ou religioso, apenas com a intenção de melhorar o mundo em que vivemos. O que diferencia o vampirinho vegano é que ele aborda o veganismo sob vários aspectos. O texto inicial “Plantando uma nova consciência” mostra a necessidade de perceber os animais como seres com vida e sentimentos que merecem respeito e dignidade, mas mostra também que deixar de ingerir carne e derivados de animais não é um sacrifício como parece aos leigos. A comida vegana é saborosa, nutritiva, faz bem aos seres humanos e ao meio ambiente. Na sua inocência, mas com muita determinação e bons argumentos, Solua o vampirinho vegano convence a todos sobre os benefícios do veganismo para humanos e animais.solua-ouvindo (1).jpg O segundo episódio é tocante, intitulado “Ouvindo os animais” mostra o vampirinho conversando com a vaquinha, o porquinho e a galinha e eles relatam como se sentem sendo comida para os humanos…

Nesta mega-apresentação, a esquete será um resumo do primeiro episódio “Plantando uma nova consciência” e a ideia é fazer, em continuidade, esquetes também do segundo episódio. Na sequência, alguns grupos poderão entrar em temporada outros poderão fazer animação de festas e/ou apresentações de esquetes em escolas.

Por enquanto, os artistas participam gratuitamente e Lou de Olivier arca sozinha com as despesas com brindes (cartilhas, camisetas), divulgação, etc. E os apoios culturais são apenas no empréstimo de salas de exibição/apresentação ou alguns equipamentos, mas se alguma empresa vegana se interessar em apoiar o projeto, será muito bem-vinda!

Nesta primeira fase participam as cidades de São Paulo – SP, Aparecida – SP, Itanhaém – SP, Fortaleza – CE, Campo Grande – MS e Rio de Janeiro – RJ. E a intenção é ampliar para outras cidades no Brasil e até outros países.

A programação já está sendo definida e pode ser consultada no site oficial: http://soluavampirinhovegano.com.br

Também é possível acompanhar os ensaios e apresentações dos vários grupos e companhias teatrais pela Internet neste link direto: http://vampirinhovegano.comunidades.net/mega-apresentacao-teatral-vegana

 

magapresentacao_vampirinhovegano

Mega-apresentação teatral vegana publicada em 35 portais/blogs confira!

8 de janeiro de 2017 Deixe um comentário

Assista ao vídeo inicial e conheça quem já está participando deste megaevento

 

Mega-apresentação teatral vegana, noticiada em 35 (trinta e cinco) portais/blogs, incluindo Portal Terra, Agência O Globo e The São Paulo Times. Confira! http://vampirinhovegano.comunidades.net/solua-na-midia

Vampirinho Vegano numa mega-apresentação teatral. Confira!

4 de janeiro de 2017 4 comentários

louvampirinhogincanaO primeiro episódio de Solua, o vampirinho vegano estreou no Teatro do Ator em São Paulo – SP – Brasil, em março de 2015 e teve curtíssima temporada…

As apresentações da peça teatral ficaram temporariamente interrompidas, mas o projeto continuou a todo vapor com diversas contações de histórias em eventos veganos, lançamento de camisetas e gincanas do vampirinho vegano, mais duas aventuras em e-books/cartilhas e quatro resumos de episódios em animação 3D que estão no youtube. E,  atualmente, Lou de Olivier está coordenando a produção de um mega evento teatral com esquetes do vampirinho vegano…

O projeto todo tem  caráter filantrópico e de ação socioambiental e animal. E o principal objetivo é e sempre será levar o veganismo consciente a todos que pudermos alcançar. Lembrando que a renda conseguida com a venda dos e-books e camisetas é doada aos cuidadores de animais abandonados. Quanto a mega-apresentação teatral, acontecerá com entrada franca e todos são bem-vindos a participar. 

A data desta mega apresentação será agendada em breve e os ensaios já estão se inciando em diversos pontos do Brasil. Isso mesmo, será uma mega-apresentação teatral com vários atores, duplas e Cias Teatrais em todo o território nacional. Cada Cidade/Estado terá um elenco e um(a) diretor(a) independente mas todos ligados numa mesma intenção: despertar em todos, o amor por todos os tipos de vida, o respeito à natureza, ao próprio corpo, incentivando uma alimentação mais saudável e um maior entrosamento entre humanos e animais. 

Confira alguns comentários de artistas profissionais e amadores que já estão participando:

louvamp

“Estou neste planeta a serviço do Eterno, tudo que faço é para ajudar as pessoas e melhorar o mundo. Essa é a essência da vida, ser útil ao Universo. O vampirinho vegano é uma forma teatralizada de ensinar uma nova consciência de vida que é essencial à sobrevivência humana e preservação de todas as espécies. Não é só alimentação, é nutrição, é convivência pacífica, é cultivar e preservar de fato a natureza. É a real Paz entre todos os seres. E estou feliz em perceber que muitos artistas tanto profissionais quanto amadores estão acreditando neste meu projeto. E, juntos, somos sucesso! O sucesso do bem!” (Ana) Lou de Olivier – Idealizadora e Coordenadora do Projeto Vampirinho Vegano. Lou também dirigirá o elenco de São Paulo – SP

me_silene“Já participei da produção com a Ana Lou de OlivierKabbalah, arte de receber e doar” e foi para mim extremamente gratificante! Agora eu me sinto muito honrada em poder participar desta mega-apresentação, levando uma mensagem de conscientização da importância sobre o Veganismo às pessoas. Agradeço você Ana Lou, por mais este convite, pela sua magnífica ideia e interesse em falarmos de tão nobre e necessário assunto nos dias de hoje. Meus parabéns e sucesso!!!”

Silene B. Silveira (Atriz).

me_gicelda

“Eu me sinto feliz, honrada, grata e ansiosa, pela oportunidade de poder participar deste megaevento que a Ana Lou de Olivier está organizando, pois acredito que um tema tão ecologicamente correto, que promete mais saúde física e mental para o ser humano e paz para todos (animais e humanos), deve ser amplamente divulgado!”

Gicelda Petrole (Atriz).

me_narciso

“Quando recebi a proposta para fazer parte do projeto teatral sobre o vampirinho vegano aceitei de pronto, primeiro porque acompanho todo o trabalho literário e também de dramaturgia da Ana Lou e sempre fui um admirador dos seus trabalhos. Além do que, esse é um projeto que ajuda a discutir um assunto de suma importância porque o veganismo não é só a questão animal que está em jogo, tem outras questões que precisam ser conhecidas pelo público em geral”.

Narciso Campos (Ator e Jornalista).

me_beth

“Nos sentimos honrados em participar de mais um projeto dessa mulher espetacular Ana Lou de Olivier, minha companhia ja apresentou o texto Três Contos que vou te contar (Cinderela que não era Bela porque era Branca demais) de autoria de Lou de Olivier e foi e continua sendo sucesso. Agradecemos a Lou por mais essa oportunidade.”

Beth Terras – Diretora da ADOTE – Cia Teatral Ator Domingos Terras .

me_danivalO que me motivou a participar deste projeto “Solua, o vampirinho vegano” é, por conhecer outros trabalhos de Ana Lou de Olivier, interessei-me no trabalho atual. Os textos “Eu inteiro, metade de mim” e “Os alienados” tem uma qualidade ímpar e ao apreciar o novo trabalho intitulado “Solua, o Vampirinho vegano“, pude ter uma sintonia ampla com a questão educacional. Como educador indico esta obra que trata de tema atual e de importância ambiental/animal de forma simples, objetiva mas muito criativa e atraente. Danival Mascarini (Ator e Professor de Artes)

me_marcia

“A montagem do esquete do texto teatral, Solua O Vampirinho Vegano, contará com a direção e atuação de Márcia Ribeiro e atuação de Felipe Ferreira. Esta é a segunda produção dramatúrgica de Lou de Olivier a ser encenada pela Cia Introspectus, após “Os Alienados”. Fazer parte deste megaevento nos faz refletir sobre os diferentes modos de vida, sobretudo, o lugar que ocupa ou deveria ocupar em nossas vidas cada ser vivo que compõe nossa biosfera. Trata-se de levar ao público, além de conhecimento sobre a prática alimentar vegana, a possibilidade de cultivar hábitos mais saudáveis e pertinentes à vida animal e ambiental. Lou é uma ativista incansável ao lutar por causas que acredita. Gratidão!!! Temos a honra de contribuir para este movimento. Márcia Ribeiro – Diretora da Introspectus Cia de Teatro

me_jaorish“Impossível não citar um grande colega de profissão e fã de meu trabalho. Durante muitos anos, ele lutou para conseguir levar-me à sua região (Palmares – Pernambuco – Brasil), organizou palestras e workshops meus, mas sempre esbarrou na falta de verba e falta de apoio dos órgãos públicos. E minha ida à sua região não se concretizou. Sempre que eu iniciava algum projeto, era um dos primeiros a inscrever-se e participar, mesmo pela Internet. Sei que, se estivesse nesta dimensão, hoje, também participaria ativamente. Mas tenho certeza que, onde está agora, deve estar participando, levando o meu projeto às estrelas e planetas e, formando uma galáxia teatral, com a direção segura do Eterno, tornando assim, o vampirinho vegano Universal!” Jaorish Telles (in memoriam) – citação de Lou de Olivier

Mais uma mega produção de (Ana) Lou de Olivier

27 de dezembro de 2016 Deixe um comentário

louvampSe depender de Lou de Olivier, o ano 2017 começará e seguirá levando o veganismo a todos os cantos do Brasil (e quem sabe do mundo). O Projeto Solua, o vampirinho vegano, que se iniciou em 2010 e até hoje só cresce, está agora em fase de seleção de elencos para uma mega-apresentação teatral, que deverá ocorrer já no início do próximo ano.  solua-plantando

Não é necessário ter nenhuma experiência anterior, mas é preciso ter amor por todos os tipos de vida. É este o principal ensinamento que o vampirinho vegano tem levado a todos que leem suas aventuras em e-books/cartilhas, assistem aos vídeos no youtube ou os textos em teatro, seja com elenco seja em forma de contação de história. Enfim, de diversas formas, o vampirinho tem sempre boas informações sobre alimentação saudável, respeito à natureza e amor a todos os tipos de vida do planeta. Trazendo a Paz verdadeira entre TODOS os seres.

Já há diversos grupos e duplas participando e uma curiosidade, muitos dos participantes ainda não são veganos, são, em sua maioria, artistas que já atuam com Lou de Olivier em suas outras produções e se interessaram em participar também desta produção e conhecer mais de perto o veganismo. Alguns já entraram no clima e já estão estudando e pesquisando o veganismo e arriscando uns dias por semana sem ingerir nada de origem animal. Por um lado isso é muito animador, pois demonstra a boa vontade e dinamismo das equipes que atuam com Lou de Olivier. Por outro lado, surge uma pergunta: E os artistas vegetarianos e veganos? Será que se manifestarão e se unirão a Lou de Olivier nesta mega-apresentação do bem?      louvampirinhogincana

Em breve, Lou de Olivier anunciará os representantes em todo o território nacional e a intenção é abranger, além do território nacional, se possível, os países de idioma Português. Todos são bem-vindos independente dos locais onde residem e, como já foi dito, mesmo sem nenhuma experiência anterior. Até porque há diversas formas de participar, desde encenar as esquetes até apenas empenhar-se na divulgação.

As inscrições se encerrarão em 05/01/2017. Portanto, corra e se inscreva para fazer parte de mais esta iniciativa pioneira de Lou de Olivier que, certamente, plantará uma nova consciência e uma forma diferente de ensinar veganismo a esta e às próximas gerações. Um novo ensino, uma nova percepção, plantando hoje a realidade de amanhã, como em tudo que Lou de Olivier tem feito em diversas áreas. Você é importante, todos são importantes para esta ação socioambiental e animal!

Acesse o site http://soluavampirinhovegano.com.br/ e conheça todo o projeto, tudo que já foi feito e tudo que está acontecendo simultaneamente em prol do veganismo.

Quem já conhece o projeto ou tem pressa em saber mais sobre a mega-apresentação, pode acessar este link direto: http://vampirinhovegano.comunidades.net/detalhes-de-participacao-mega-evento-vampirovegano

%d blogueiros gostam disto: